As três primeiras procissões de Corpus Christi e a finalidade da Adoração

02 (1)

Todo católico é convidado à participar da procissão de Corpus Christi que a Igreja Católica promove todos os anos; para isto todo católico deveria se aprofundar no histórico de como surgiu esta procissão, e conhecer um pouco mais sobre a Mãe de Jesus.

 

MARIA SE PREPARA PARA RECEBER O CORPO DE DEUS

Histórico. Mt. 1, 1, 18 – 19

Maria, uma moça judia justa e temente a Deus, vivia no Povoado de Nazaré, estava noiva e comprometida com um rapaz, também justo e temente a Deus. O namoro destes dois jovens era um namoro sadio e diante de Deus nada tinha para reprovação.

 

O MOMENTO DE RECEBER O CORPO DE DEUS

 ANUNCIACAO

Histórico. Lc. 1, 26-38

Maria era prima de Izabel que, casara-se com um Sacerdote chamado Zacarias. No Antigo Testamento o Sacerdote era descendente de Aarão. Separado do povo para servir como oficiante no culto realizado primeiro no Tabernáculo e depois no Templo. O Sacerdote era o mediador entre Deus e o Povo, rezando em seu favor. ( Ex. 28; Ex. 29). O Sacerdote do Antigo Testamento só podia se casar com mulher que fosse virgem ou viúva, cuja genealogia pertencesse também à classe sacerdotal, pois estava sujeito as Leis. (Cfr. Lv. 21).

Embora Deus tenha feito da nação israelita um reino sacerdotal, (Ex. 9, 6), escolheu a família de Aarão para ser a família de Sacerdotes, que se perpetuou. (Ex. 28, 1; Ex. 40, 12-15; Nm. 6, 40).

Pois bem, Maria e sua prima Isabel eram de família sacerdotal. Izabel casara-se com Zacarias. Zacarias era Sacerdote e exercia o seu ministério. Eles dois queriam muito ter um filho, mas passara-se os anos, Izabel era estéril e ambos já estavam de idade avançada, quando chegou a notícia. Um Anjo foi enviado por Deus para anunciar a Zacarias que sua esposa lhe daria um filho; Zacarias não acreditou por isto recebeu uma punição: ficou mudo nove meses até o nascimento do menino. Quando o menino nasceu, além da alegria do nascimento foi um acontecimento cheio de graça e de verdade que indicava que Deus estava agindo na história; Zacarias tornou a falar e cantou um maginifico hino à Deus.  (Lc. 1, 5-25; Lc. 1, 59-80). Maria sabia destes fatos.

Também Maria recebeu a vista de um Anjo de Deus, (Lc. 1, 26-38), e por ser virgem e fiel ao seu noivo José, teve dificuldade para entender o que o Anjo falava, porém sendo mais fiel à Deus, pronunciou o seu SIM incondicional, e neste momento recebeu em seu ventre, por meio do Espírito Santo, que é a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade, pois Deus é UNO e se relaciona em três: O PAI, O ESPÍRITO SANTO, e por meio de Maria; o FILHO.

 

PRIMEIRA PROCISSÃO CORPUS CHRISTI

Maria sabia, que José, seu noivo, mesmo sendo justo, iria ter dificuldade para aceitar aquele seu engravidamento, por isto, por necessidade, realizou A PRIMEIRA PROCISSÃO CORPUS CHRISTI, saiu apressadamente de Nazaré para a cidade de Judá onde sua prima Izabel morava e foi vistá-la.  (Cfr. Lc. 1, 40).

 

02A PRIMEIRA ADORAÇÃO DO CORPO DE DEUS

Foi Izabel que primeiro descobriu o Corpo de Deus em Maria e ficou cheia do Espírito Santo, e Maria, também adorando ao Corpo de Deus que estava em seu ventre, cantou um magnífico canto de repercursão social em toda a humanidade e ela também se tornou Profetiza quando pronunciou que todas as gerações de todos os milênios lhe haviam de chamá-la BEM AVENTURADA, (Cfr. Lc. 1, 48), o que na verdade, há mais de dois mil anos assim está acontecendo.  (Lc. 1, 39-55).

 

A SEGUNDA PROCISSÃO DO CORPUS CHRISTI

Três meses auxiliando sua prima Izabel nos preparativos para o nascimento do seu filho. Quando João Batista nasceu, Maria realizou a segunda procissão Corpus Christi voltando para sua casa em Nazaré, (Lc. 1, 56) onde seu esposo José já tinha recebido a visita do Anjo e já sabia que o filho que dela ia nascer é o Emanuel, o Deus que permanece sempre conosco. (Mt. 1, 25); e Maria é virgem antes do parto, durante o parto e depois do parto, conforme o Profeta Isaías tinha profetizado. (Mt. 1, 23; Is. 7, 14); por isto a recebeu com alegria em sua casa.

 

FUGAA TERCEIRA PROCISSÃO DO CORPUS CHRISTI

No século XXI temos a informática e muitos meios eletrônicos para se realizar um recenseamento populacional, que se pode saber do resultado em poucas semanas ou dias, quiçá em horas; mas na Judéia do tempo do Rei Herodes, (Mt. 2, 1), sendo Quirino Governador da Síria e o César Augusto Imperador de Roma – que já estava no poder desde 30 anos antes de Jesus nascer e continuou no poder de Roma até 14 anos depois que Jesus nasceu – Este Imperador de Roma, César Augusto que dominava todo os países daquela época, quis saber quantos súditos tinha para melhor cobrar imposto, e assim decretou um recenseamento; como já disse, foi muito tumulto,  enfim, acertou-se que todos os familiares de uma mesma família se reunissem em uma única cidade para assim facilitar a contagem das pessoas. José e Maria eram da família de Davi, daquele Davi que foi bondoso para com o povo, e foi eleito Rei por unanimidade. (2 Sm. 5, 1- 5).

Assim se realizou a terceira procissão de Corpus Christi, José e Maria grávida, saíram do povoado de Nazaré na Galiléia para a cidade de Belém da Judéia. (Cfr. Lc. 2, 1-5).

 

MAGOS2A SEGUNDA ADORAÇÃO DO CORPO DE DEUS

A segunda adoração do corpo de Deus, foi quando na mesma noite

do nascimento de Jesus, os Anjos avisaram aos Pastores que estavam vigiando os seus rebanhos, que o messias havia nascido ali perto, e eles foram adorá-lo.  Lc. 2, 8 – 18

 

A TERCEIRA ADORAÇÃO DO CORPO DE DEUS

A terceira adoração do corpo de Deus é a mais comentada; a mais iconografada em todo o mundo, foi quando os três reis magos, que vieram do oriente adoraram a Jesus e o presentearam com ouro,incenso e mirra. (Mt. 2, 1 – 12).

 

O FRACASSO DO PROJETO DOS HOMENS

Devemos confiar no Projeto de Deus, pois, muitas vezes, os projetos dos homens fracassam. Vejamos o caso do recenseamento na época de Jesus. Foi em Belém da Judéia que Jesus nasceu; nasceu em meio a uma estrebaria, em meio aos animais, porque a cidade de Belém estava muitíssimo lotada de gente que esperavam o Funcionário do Imperador César Augusto para contá-los. O recenseamento do rei César Augusto foi um fracasso: primeiro porque enquanto o Funcionário do Império Romano contava, nascia mais pessoas, pois Jesus nasceu, justamente enquanto o Funcionário do rei contava o povo; segundo, porque com o nascimento de Jesus os Reis do Oriente vieram adorá-lo  (Mt. 2, 1 – 2); o que não agradou nada ao Rei Herodes que reinava na Judéia, e por isto procurou matar Jesus ainda criança, por causa da intervenção divina, seu plano falhou. (Mt. 2, 1 – 18); e assim o recenseamento sofreu modificação com a morte das crianças inocentes. Com os novos nascimentos que o Recenseador do Imperador Romano não pôde contar e com as mortes dos inocentes  que o Rei Herodes promoveu, (Mt. 2, 16 – 18), o Recenseamento do Imperador César Augusto foi um fiasco, e um instrumento para que Jesus fosse doado também aos pagãos, pois teve que se exilar no Egito. (Mt. 2, 13 – 15)

 

A FINALIDADE DA ADORAÇÃO

A finalidade da Adoração é esta: Maria fez três procissões de Corpus Christi e doou Jesus ao mundo, com o seu nascimento em Belém; nós adorando a Jesus e praticando o que ele ensinou podemos doá-lo ao mundo; e ele permanecerá em nosso meio. (Cfr. Mt. 18, 20; e Mt. 28, 20).

 Frei Severino Fernandes de Sousa, OFM

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>