Caminhada Vocacional
Caminhada Vocacional

A vida de Francisco foi um caminho trilhado na busca de corresponder a Vontade de Deus. Vemos na história do Santo um verdadeiro peregrinar que passa por diversas etapas até chegar no final de sua vida e reconhecer que Pouco ou nada se fez. Seguindo o caminho traçado por Francisco que passou por um processo de escuta, docilidade e resposta ao convite do Senhor, a Ordem dos Frades menores proporciona uma caminhada Vocacional que dar início com os Encontros Vocacionais, passando pelo Postulantado, Noviciado, Profissão temporário e dando continuidade com a Profissão Solene. Não existe um ponto de chegada, o que apresentamos é um início, e a forma desse início está contida em nossa Regra Bulada no capítulo 2 "Se alguns quiserem abraçar essa vida e vir até nossos irmãos, envie-os aos seus ministros provinciais, a quem apenas, e não para outros, a autorização para receber irmãos é concedida." A caminhada Vocacional é um itinerário seguindo os passos de Jesus pobre e crucificado, como seu discípulo, sob a ação do Espírito Santo. "A formação franciscana tem o objetivo de fazer que todos os irmãos e candidatos, sob inspiração do Espírito Santo, possam seguir constantemente a Cristo no mundo do seu tempo, segundo a forma de vida e a Regra de São Francisco (Constituições Gerais – CCGG, 126)






Etapas da Formação
  • 1
    SAV

    Prepara, apoia e acompanha os aspirantes em sua caminhada de fé, para que conheçam a si mesmos, descubram sempre melhor a figura de Jesus Cristo e de São Francisco e possam discernir a própria vocação para chegar a uma escolha de vida (RFF 163). Atualmente, a Província acolhe jovens para o acompanhamento vocacional a partir de 18 anos. Esta fase dura pelo menos dois anos até a entrada ao postulantado. o acompanhamento está na responsabilidade dos promotores locais das diversas fraternidades sob a orientação do Animador Provincial do Serviço do cuidado das vocações

    1
  • 2
    Postulantado

    O Postulantado é uma etapa necessária para a adequada preparação ao Noviciado, durante a qual o postulante confirma a própria determinação de converter-se através de uma progressiva passagem da vida secular para a forma de vida franciscana (RFF 179) e permite ao postulante verificar sua decisão de iniciar o seguimento de Jesus Cristo segunda a forma de vida de São Francisco (RFF 181), a partir do crescimento humano, do desenvolvimento da maturidade pessoal e social, do relacionamento pessoal com Cristo e a vontade de consagrar-se a Deus e doar-se aos irmãos e irmãs com uma experiência de serviço e de trabalho nas diversas formas de pobreza (cf. RFF 185). Atualmente, o postulantado dura em geral um ano e meio e acontece na casa São Boaventura na cidade de Triunfo, Pernambuco.

    2
  • 3
    Noviciado

    O Noviciado é o tempo em que o noviço começa a vida na Ordem, continua o discernimento e o aprofundamento da própria decisão de seguir a Jesus Cristo na Igreja e no mundo de hoje segundo o espírito de São Francisco, conhece e experimenta mais profundamente a forma de vida franciscana (RFF 190, cf. CCGG 152). O noviço prepara-se para viver teórica e praticamente, na Igreja e na Ordem, uma comunhão mais profunda com a humanidade de hoje na sua realidade histórica, social, política, cultural e religiosa (RFF 195, cf. CCGG 127 §3, 130) O noviço cultiva a dimensão de trabalho, o espírito de evangelização, com um projeto pessoal de vida e um conhecimento da realidade nacional e eclesial, na qual, como Frade menor, deve buscar o último lugar na sociedade. (RFF 196) Atualmente a Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil com sede em Recife, PE e a Província Franciscana da Assunção com sede em Bacabal, MA mantém um Noviciado Comum na Casa Porciúncula Sítio Ipuarana, Lagoa Seca–PB.

    3
  • 4
    Profissão Temporária

    O tempo de profissão temporária aperfeiçoa a formação inicial franciscana nos seus diversos aspectos, teóricos e práticos, a fim de tornar o Frade apto a viver mais integralmente a vida e a missão própria da Ordem no mundo de hoje, e preparar-se para emitir a Profissão solene (RFF 204, cf. CCGG 157, 158 §1). O Frade continua seu amadurecimento como pessoa humana, cristã e franciscana, mediante o aprofundamento, a interiorização e a vivência do carisma franciscano em sua vida (RFF 205); é chamado a crescer na sua participação ativa, na co-responsabilidade e na identificação com a vida e o trabalho da Fraternidade local e provincial (cf. RFF 206); e assume progressivamente a responsabilidade de sua missão na Igreja e no mundo, em sintonia com o carisma franciscano, com os próprios dons e aspirações e com as necessidade do povo de Deus (cf. RFF 207) Na nossa Provincia esse período dura pelo menos quatro anos após a primeira profissão, e acontece principalmente nas casas São Francisco de Salvador, BA e na casa Nossa Senhora das Dores, Fortaleza com o objetivo de crescer nos seguintes aspectos: franciscano, teológico e humanístico (cf. RFF 210). Este período coincide também com os estudos acadêmicos: filosofia e teologia para os Frades que desejam exercer o ministério presbiteral e teologia para os Frades que desejam viver a vida religiosa franciscana como leigos com a possibilidade de adquirir uma competência profissional.

    4
  • 5
    Formação Permanente

    A formação permanente é um itinerário de toda a vida, tanto pessoal como comunitária, para descobrir o Cristo pobre, humilde e crucificado em si mesmo, nos irmãos, no serviço, na própria cultura e em toda a realidade contemporânea. É, pois, um processo de conversão, um crescimento pessoal, espiritual, profissional e ministerial, de forma que o Frade menor está sempre pronto a começar a fazer o bem, segundo a exortação de São Francisco (Ratio Formationis Franciscanae - RFF 107, cf. CCGG 135)

    5
 
 

Saiba mais
 
Nome*
E-mail*
Telefone*
Cidade
 
Mensagem
 
  Estou de acordo com a política de privacidade.
 
 
"Senhor o que queres que eu faça?"
São Francisco de Assis

Copyright © Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil.
Direitos reservados, acesse a política de privacidade.

X FECHAR
Cadastre-se para
conhecer o
nosso carisma