Frei Elivânio apresenta trabalho de conclusão de curso baseado nas Conferência de João Cassiano sobre a vida de oração cristã

Acompanhe o relato deste momento significativo na vida do religioso que conclui seu estudo e Teologia na Terra Santa.

Notícias

16.06.2023 21:16:45 | 4 minutos de leitura

Frei Elivânio apresenta trabalho de conclusão de curso baseado nas Conferência de João Cassiano sobre a vida de oração cristã

No dia 14 de junho, às 10h:15min da manhã horário local de Jerusalém, apresentei meu TCC com o tema:  A vida de oração cristã nas Conferências IX e X de João Cassiano. Na presença da banca examinadora composta por: Frei Ulise Zarza, ofm orientador do trabalho, Frei Enrique Segóvia, ofm presidente da mesa responsável pelas questões na área de Teologia Dogmática, Frei Matteo Munari, ofm relator e responsável pelas questões na área de Sagrada Escritura e Frei Marcello Badalamenti, ofm responsável pelas questões na área de Teologia Moral, bem como a participação de muitos confrades de minha fraternidade que me acompanharam com as orações, conclui mais um passo na caminhada da Vida Religiosa Franciscana. 
No decorrer de meu percurso teológico pude verificar no estudo das diversas disciplinas que compõem todo o curriculum, que o aprofundamento teológico em suas mais diversas áreas, bíblica, dogmática, moral, pastoral, giram em torno do que eu chamo espiritualidade prática (a oração), ou seja, o estudo sem a vida de intimidade com Deus por meio da oração constante corre o risco de perder o sabor e permanecer na esterilidade. Um estudioso de ciências teológicas que não tem tempo de rezar pode ser comparado a um profissional de qualquer ciência humana, e tratar a teologia como qualquer estudo. Meu interesse de estudar João Cassiano, e mais precisamente às Conferências IX e X que fala diretamente da oração, parte da percepção de que sua linguagem teológica é muito adaptável aos tempos de hoje na vida da Igreja. Percebi no meu pequeno e modesto aprofundamento que a grande espiritualidade de João Cassiano vai aparecendo à medida que avançamos na leitura de seus escritos, suas obras, sobretudo nas Instituições Cenobíticas e nas Conferências que são as principais. A oração é relacionamento direto com Deus e conduz a contemplação que é uma forma de ver Deus em si mesmo, na criação e em toda sua gloria. 

Das virtudes preconizadas por ele, a caridade toma o primeiro lugar e é o caminho seguro para a contemplação divina exercitado na constância da vida de oração. A contemplação, que nasce da vida de oração entendida como uma prática que não se destaca da vida do cotidiano, conduz a caridade perfeita ou pureza de coração, é um ato que durará pela eternidade, pois como diz S. Paulo a “fé e a esperança cessarão” quando da posse da vida eterna, onde não haverá mais necessidade delas. João Cassiano revelou que é na práxis de intimidade com Deus, utilizando métodos para o crescimento espiritual que dizemos verdadeiramente o amor que se tem por alguém ou por algo nesse caso o relacionamento com Deus e o desejo de se unir a ele já nesta vida e o anseio pela vida eterna. Apesar de suas Conferências estarem voltadas para a vida dos eremitas e cenobitas não deixam de ser um relato de amor a Deus e aos irmãos e que pode sim ser atualizado na vida dos leigos, consagrados, sacerdotes dos tempos de hoje, os discursos proferidos pelos monges do deserto é um tesouro para todos os que desejam caminhar na luz da verdade que é Cristo e colocar-se no caminho verdadeiro de uma pratica religiosa autentica. 

João Cassiano soube viver a humildade e deixar falar Deus por si sem a preocupação de trabalhar para cumprir agenda. De posse dessa espiritualidade escondida nas adesões que dera ao ensino dos anciãos do Egito, João Cassiano nos enriquece com sua doutrina nos diversos serviços e posições que assumimos na vida eclesial. Conclui   dizendo que no decorrer do trabalho, minha única dificuldade foi perceber que muitos dos temas tratados nos escritos de João Cassiano mereceriam ser desenvolvidos com maior precisão, uma riqueza muito grande como o tema da oração, para mim deveria ser tratado com maior profundidade, mas como não pude entrar em muitos detalhes, procurei resumir um pouco, o que me deixou com o desejo de aprofundar a compreensão dos demais temas tratados nas Conferências e nos demais escritos do autor em questão, tendo em vista que este trabalho é algo que me servirá no trabalho pastoral e na vida.

Fonte: Frei Elivânio Luiz da Silva, OFM
Imagem: Arquivo pessoal
Mais em Notícias
 

Copyright © Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil.
Direitos reservados, acesse a política de privacidade.

X FECHAR
Cadastre-se para
conhecer o
nosso carisma