O Pão de Santo Antônio, na mesa dos necessitados

Bem conhecido através do pão, Santo Antônio movimenta a solidariedade nas Trezenas espalhadas por nosso território provincial.

Notícias

12.06.2023 14:35:51 | 4 minutos de leitura

O Pão de Santo Antônio, na mesa dos necessitados

       Quem conhece a imagem de Santo Antônio, percebe que em muitas delas, ele carrega um pão na mão. Mas o que o pão tem haver com este santo franciscano? Conta-se uma história que certa vez, comovido pela situação dos pobres do lugar onde morava, Antônio distribuiu todo o pão do Convento aos mesmos, O frade padeiro, responsável pela alimentação dos religiosos ficou em apuros e foi informar a Antônio a falta de alimento. Confiante na ação de Deus, Antônio pediu para que o irmão procurasse na dispensa novamente e ao chegar no espaço encontrou cestos que transbordavam de alimentos.

      Outras interpretações ainda podem ser feitas como por exemplo a relação com o alimento espiritual que era dado pelo santo através de suas pregações e entre tantas, mas o que nunca poderemos deixar de lado é o pão como um elemento inseparável de toda a devoção a Santo Antônio e de seu apostolado como o santo dos pobres. Esta devoção por exemplo, se faz presente nas terças feiras em nossas fraternidades e Paróquias onde é comum se deparar com a benção e a entrega dos pães que acompanhado de muitas tradições são levados para colocar na lata da farinha e não faltar o alimento e até mesmo tomá-lo como um alimento sagrado.  

      Frei Pedro Júnior, guardião do Convento São Francisco em Salvador na Bahia, em conversa com o nosso site ao falar da relação do pão de Santo Antônio com a fome lembrou que: “A Igreja franciscana sempre foi um lugar de acolhida aos mais pobres. Santo Antônio como franciscano não é diferente. O pão nas mãos de Santo Antônio está muito além da matéria do trigo, mas sim representa todos os alimentos. É inevitável que as trezenas não tenham essa ligação entre a solidariedade e o pão.”

      O tema do pão ganha ainda mais força no trezenário deste ano, com a reflexão feita pela Campanha da Fraternidade que teve como tema “Fraternidade e Fome” e o lema “Dai-lhes vós mesmos de comer” (Mt 14,16). A comensalidade tão presente no carisma franciscano se torna ainda mais concreta nos pequenos gestos da doação e distribuição de alimentos em nossas fraternidades. Frei Pedro aponta o exemplo de Santo Antônio como um meio de inspiração, pois ele se preocupou com o Deus que muitas vezes contemplou nos mais pobres e necessitados. “Sua voz muitas vezes de cala porque quer fazer a ação tomar conta. O mesmo percebeu que a ação completava suas palavras e no tempo em que vivemos que ainda não é o ideal, é preciso colocar em prática o pão que recebemos através da palavra” frisou o frade franciscano.

      No Convento São Francisco em Salvador na Bahia, em preparação para a Trezena de Santo Antônio, a “freijoada” realizou uma doação de 200 marmitas para pessoas em situação de rua, fazendo com que os mesmos fizessem parte do momento cultural. Durante os festejos deste ano, cada devoto é convidado a levar um alimento específico a cada noite para serem doados.

      A ação dos alimentos continua nas Paróquias de Santo Antônio em Aracaju, na Paróquia São Francisco em Campina Grande e na Paróquia Nossa Senhora das Dores em Fortaleza no Ceará, que inclusive traz para este ano a reflexão do tema: A exemplo de Santo Antônio somos chamados a viver a partilha do pão os mais necessitados. No Convento São Boaventura em Triunfo, o trezenário é um convite para que “Com Santo Antônio, saciemos a fome dos irmãos”, convite que segue até a capital do Estado de Pernambuco, com os festejos no Convento Santo Antônio em Recife que apresenta o mesmo como modelo fraterno de amor aos pobres.

      Faça parte também desta atividade solidária e procure uma de nossas casas para fazer sua doação.

Fonte: Comunicação da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil
Imagem: PASCOM - Paróquia Nossa Senhora das Dores Fortaleza, CE
Mais em Notícias
 

Copyright © Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil.
Direitos reservados, acesse a política de privacidade.

X FECHAR
Cadastre-se para
conhecer o
nosso carisma